ENTENDA COMO A GESTÃO DE BENEFÍCIOS AJUDA A REDUZIR CUSTOS E VEJA COMO REALIZÁ-LA DE FORMA CORRETA

Você sabe o que é gestão de benefícios ou como ela pode ajudar a reduzir os custos no seu negócio? 

Infelizmente, muitos microempresários ainda negligenciam a importância de reter talentos e ignoram os gastos que a alta taxa de rotatividade de profissionais pode gerar para a empresa. 

Existem muitos estudos que mostram que um dos motivos que faz os colaboradores permanecerem por mais tempo em uma empresa é, além da cultura organizacional alinhada com os valores pessoais deles, a carteira de benefícios oferecida.

Diante disso, uma das estratégias que pode ser útil para aumentar a retenção de talentos e diminuir o turnover, sem dúvidas, é apostar na oferta de benefícios coerentes e atrativos para o perfil de profissional que atua na empresa. 

Mas atenção: para definir os benefícios oferecidos, o ideal é que se faça uma análise detalhada pois, assim como eles podem trazer vantagens na retenção de funcionários quando bem escolhidos, também podem gerar aumentos nos gastos do negócio quando são mal administrados.

Para ajudar você a implementar ou otimizar a gestão de benefícios na sua empresa, nós escrevemos este artigo. Confira as informações e as dicas que compartilhamos a seguir.

O que é gestão de benefícios

Não é novidade que os profissionais estão buscando mais do que um salário competitivo na hora de optar por uma colocação. Além do valor mensal, muitas pessoas procuram empresas que tenham uma oferta diversificada de benefícios — e é nessa hora que entra a gestão de benefícios.

A gestão de benefícios é um conjunto de medidas de incentivo alinhadas à visão da organização para oferecer outras maneiras de remuneração aos colaboradores, além do salário. Em outras palavras, essas medidas têm o objetivo de atender a diferentes necessidades dos funcionários, sejam financeiras, sociais ou intelectuais.

Há uma infinidade de atrativos que as empresas podem englobar dentro da sua gestão de benefícios, mas todas elas têm uma estratégia clara: motivar e engajar equipes para, assim, aumentar a produtividade e reter talentos.

Qual a importância da gestão de benefícios para uma empresa

Em um mercado cada vez mais competitivo, uma boa gestão de benefícios permite a motivação e a fidelização dos funcionários, peças fundamentais para que metas e objetivos da empresa sejam alcançados. 

A gestão de benefícios de uma empresa é importante pois ela, além de motivar as equipes, pode torná-las verdadeiras parceiras do negócio. Afinal, quando os colaboradores estão satisfeitos com seu trabalho e se sentem reconhecidos, eles se preocupam com mais do que as próprias funções: se dedicam ao desenvolvimento da empresa como um todo e se tornam, inclusive, defensores da marca.

Como a gestão de benefícios, se bem realizada, ajuda a reduzir custos

As estratégias para eventuais reduções de custos de um negócio nem sempre têm a ver com cortes — elas podem estar atreladas a uma gestão inteligente dos recursos disponíveis, o que resulta em bem-estar dentro da empresa e resultados positivos em curto, médio e longo-prazo.

Uma gestão de benefícios eficiente não apenas mantém funcionários motivados e ajuda a atrair e reter talentos, mas também faz com que a empresa reduza custos associados à perda de qualidade na prestação de serviços, além de ajudar a melhorar a produtividade e a lucratividade.

4 dicas para fazer gestão de benefícios da forma correta  

Abaixo, nós listamos quatro dicas que ajudam a realizar a gestão de benefícios de forma eficiente na sua empresa:

Conheça o perfil dos seus colaboradores

Para que a gestão de benefícios aconteça de forma correta e tenha competitividade frente à concorrência, ela precisa estar alinhada ao perfil, interesses e necessidades dos colaboradores da empresa. 

Faça pesquisas internas para entender o que seus funcionários esperam da empresa e quais benefícios são relevantes para o dia a dia deles e quais eles gostariam de receber. Além de conseguir as informações necessárias para a decisão dos benefícios, essas pesquisas são ótimas para melhorar o clima organizacional, pois os colaboradores sentem que estão sendo ouvidos.

Avalie, também, os benefícios oferecidos por outras empresas do seu segmento e descubra quais não podem faltar na carteira de benefícios do seu negócio. Dessa forma, as chances de perder um talento para um concorrente são menores.

Depois de levantar esses dados, faça uma lista dos benefícios que são indispensáveis e estude quais cabem no orçamento da empresa. Caso algum deles esteja muito fora dos valores que você pode pagar, faça um exercício para pensar em soluções criativas que se assemelhem ao benefício que ficou de fora do pacote, por exemplo.

Crie uma política de benefícios

Um ponto importante para não estourar o orçamento na hora de oferecer essas vantagens aos seus colaboradores é ter uma política de benefícios bem definida, ou seja, com regras claras e transparentes.

Sendo assim, defina se existirão diferenças nos benefícios oferecidos de acordo com cada cargo, como essas vantagens são oferecidas e como são descontadas da folha de pagamento. Comunique o quadro de colaboradores sobre essas regras e a importância de usar os benefícios para os devidos fins desde o momento da contratação. 

Dessa forma é possível evitar futuros mal-entendidos e até mesmo aumentar a credibilidade da empresa através da transparência de informações —  elementos fundamentais de uma boa gestão de benefícios.

Não deixe de oferecer os benefícios básicos 

Existe uma gama enorme de benefícios que podem ser oferecidos pelas empresas e, apesar de alguns não serem obrigatórios por lei, como FGTS, 13º salário, férias e vale transporte, certos benefícios já são considerados básicos quando os colaboradores avaliam as vantagens de se trabalhar em uma empresa ou outra. Conheça alguns deles:

Vale transporte

Benefício garantido pela CLT, o vale transporte é uma antecipação feita pelo empregador, uma vez que o trabalhador pagará parte dos custos, valor que será descontado na folha. 

O empregador pode descontar até 6% do salário com a despesa de deslocamento e essa ponderação, dentro da gestão de benefício, precisa estar bem clara para o colaborador.

Vale alimentação/refeição

Embora eles sejam comumente confundidos, existe uma diferença entre os dois: o vale refeição é utilizado em restaurantes e o vale alimentação em supermercados, substituindo a famosa cesta básica.

O vale alimentação tem grande notoriedade entre os benefícios alimentícios, já que possibilita que a pessoa escolha os produtos, diferente da cesta básica. Além disso, ele é muito versátil, pois pode ser usado em supermercados, padarias, sacolões, mercearias, açougues e outros estabelecimentos que vendem produtos alimentícios. 

Para o vale refeição é importante avaliar se os valores oferecidos condizem com os valores praticados nos restaurantes da região em que a empresa fica e se a rede tem uma boa variedade de aceitação, caso contrário, ele não será tão vantajoso para o colaborador.

Plano de saúde

Os custos com planos de saúde particulares ou consultas odontológicas e médicas isoladas podem ser muito altos, por isso, esse tipo de vantagem já é visto como essencial em uma carteira de benefícios oferecida aos colaboradores.

Uma forma de tornar essa vantagem um diferencial é encontrar um parceiro de qualidade, com uma ampla rede de atendimento e menores taxas, uma vez que a maioria das empresas opta por ofertar um plano de coparticipação aos seus colaboradores por oferecer um melhor custo-benefício para o negócio. Essa parceria pode ser o grande diferencial, dentro da gestão de benefícios, da sua empresa diante da concorrência.

Bolsa de estudos

Cada vez mais as empresas vêm buscando investir na capacitação dos colaboradores, o que além de possibilitar que haja mais mão de obra qualificada dentro da empresa, faz com que a organização seja mais valorizada no setor que atua.

Com o mercado cada vez mais competitivo, os melhores profissionais estão sempre em busca de especialização e atualização para continuar exercendo sua função da melhor forma no mercado de trabalho. Por isso, empresas que têm parcerias com universidades ou cursos profissionalizantes e oferecem desconto aos seus colaboradores têm um destaque maior diante da concorrência.

Treinamentos dentro da própria empresa, como workshops e cursos online, também são alternativas bem vistas pelos profissionais.

Conte com a ajuda de especialistas

Uma gestão de benefícios diferenciada com certeza é uma boa influência no processo de retenção de talentos de uma empresa, porém, ela também pode ser algo difícil de administrar, o que pode acabar trazendo prejuízos financeiros, seja por conta de altas taxas ou erros na hora do pagamento desses benefícios.

Para facilitar essa gestão existem as administradoras de benefícios, que são empresas regularizadas e que atuam como prestadoras de serviços auxiliando empresas, entidades de classe ou órgãos públicos na contratação dos benefícios, negociação de taxas, questões que envolvem documentação e legalização para implantação do benefício, movimentação cadastral, inclusão e exclusão de colaboradores, entre outros processos.

Contratar uma administradora de benefícios é uma das formas de reduzir os custos da sua empresa, pois possibilita transferir uma demanda que pode sobrecarregar a área de Recursos Humanos da organização para terceiros, fazendo com que a área foque em outras atividades que podem trazer um retorno mais expressivo para o negócio, como ações para o aumento da produtividade dos colaboradores.

Além disso, as administradoras também são responsáveis por oferecer o produto mais adequado para o perfil das empresas, analisando e buscando o equilíbrio entre as vantagens financeiras para a organização e as necessidades dos colaboradores.

Atualmente, existem diversas empresas que fazem intermediação para a contratação de benefícios, como plano de saúde, seguros e previdência privada, para atender ao perfil da organização, com a melhor cobertura e as menores taxas, tudo para facilitar a sua gestão.

Esperamos que nossas dicas para fazer gestão de benefícios de forma eficiente tenham sido úteis. E se você está pensando em contratar um plano de saúde para sua empresa e valorizar seus colaboradores, nós podemos te ajudar!

A Nunes & Grossi Benefícios oferece consultoria personalizada para encontrar as melhores soluções para PMEs (Pequenas e Médias Empresas) em parceria com as principais Operadoras de Planos de Saúde do mercado. Acesse nossa página e saiba mais sobre os planos de saúde empresariais oferecidos por nós.

DEIXE UM COMENTÁRIO