ENTENDA A IMPORTÂNCIA DE MANTER A SAÚDE MENTAL NO TRABALHO

A saúde mental no trabalho é um assunto que merece atenção das pessoas responsáveis pela gestão das empresas. E apesar de ter ganhado mais espaço nas discussões por conta da pandemia, ainda é pouco debatido. Um erro, já que os distúrbios mentais têm grande impacto nas atividades profissionais e afetam a produtividade e a qualidade dos serviços nas empresas.

Para ajudar você a entender melhor esse tema, escrevemos este conteúdo. Confira e veja como lidar com as questões ligadas à saúde mental no seu negócio.

O que é saúde mental

De acordo com Organização Mundial de Saúde (OMS), a saúde mental é:

 “um estado de bem-estar em que o indivíduo percebe suas próprias habilidades, pode lidar com as tensões normais da vida, pode trabalhar de forma produtiva e frutífera e é capaz de dar uma contribuição para sua comunidade”.

O termo é usado para tratar do nível de qualidade de vida cognitiva e emocional de um indivíduo e, não se relaciona apenas com a existência de doenças mentais. 

Números da saúde mental no Brasil

Os números relacionados à saúde mental no Brasil são bem preocupantes. Segundo a OMS, o Brasil é o país com o maior número de pessoas ansiosas no mundo, cerca de 9,3% da população, e tem 86% de seus habitantes sofrendo com algum tipo de transtorno mental, como depressão e síndrome do pânico. 

Já um estudo realizado pela Vittude, plataforma online voltada para a saúde mental, aponta que 37% das pessoas no país estão com estresse extremamente severo, enquanto 59% se encontram em estado máximo de depressão. 

Outros dados recentes, coletados por uma empresa de recrutamento, mostram que 49% dos trabalhadores no Brasil já tiveram crises de ansiedade, enquanto 44% dizem ter sofrido com o esgotamento mental devido ao estresse profissional, a famosa e temida Síndrome de Burnout

Como a saúde mental impacta na produtividade dos colaboradores e nos resultados da empresa

Como você já deve imaginar, a saúde mental do trabalhador está intimamente ligada à sua produtividade e ao seu desempenho. Assim, fique em alerta se notar em seus colaboradores sinais como: 

  • baixo engajamento com o trabalho
  • falhas de comunicação com os colegas de trabalho
  • baixa capacidade física para as atividades diárias

Esses problemas podem se apresentar antes mesmo do desenvolvimento de doenças psiquiátricas e não devem ser ignorados pelos gestores. 

Já as doenças mentais propriamente ditas, como a depressão e a ansiedade, estão intimamente ligadas ao afastamento e à perda de produtividade. 

Ou seja, funcionários com a saúde mental comprometida podem se tornar um grande problema  para a empresa e por isso os programas de promoção da saúde no trabalho são muito positivos para evitar licenças e o absenteísmo.

>>> Leia também nosso artigo “SÍNDROME DE BURNOUT: COMO ELA AFETA SEUS COLABORADORES E O SEU NEGÓCIO?

Quais fatores comprometem a saúde mental no trabalho

Entre os principais fatores de risco para a saúde mental no trabalho estão: 

  • falta de comunicação e de práticas de gestão
  • participação limitada na tomada de decisões por parte dos funcionários
  • baixos níveis de apoio a funcionários
  • jornadas de trabalho inflexíveis
  • bullying e o assédio psicológico
  • falta de clareza na determinação das tarefas ou de objetivos organizacionais
  • carga de trabalho elevada
  • ameaça de desemprego
  • políticas inadequadas de saúde e segurança.

Como as empresas podem ajudar os colaboradores a manterem a saúde mental no trabalho

A boa notícia é que é possível ajudar os colaboradores a manterem a saúde mental no trabalho com a adoção de algumas práticas, entre elas:

  • disponibilizar ferramentas de autoavaliação de saúde mental a todos os funcionários
  • fornecer treinamentos focados em comportamentos para a melhoria do estilo de vida
  • organizar rodas de conversa e eventos que abordem técnicas de gerenciamento de depressão e estresse, como atenção plena, exercícios respiratórios e meditação
  • manter espaços para atividades de relaxamento
  • treinar os gestores para que eles saibam reconhecer os sinais e sintomas de estresse e depressão nos membros da equipe
  • garantir condições para a realização de exames clínicos para depressão e encaminhamento clínico, quando necessário
  • oferecer um plano de saúde com cobertura para aconselhamento de saúde mental.

Esperamos que este conteúdo tenha ajudado a esclarecer para você questões sobre a saúde mental no trabalho. E se você quer agir para lidar com esse tema na sua empresa, fale com a Nunes&Grossi e veja como a contratação de um plano de saúde empresarial pode apoiar seu negócio.

DEIXE UM COMENTÁRIO