ENTENDA A IMPORTÂNCIA DA GESTÃO FISCAL PARA PMEs

Você, proprietário, sabe o que é gestão fiscal para PMEs? Tem conhecimento sobre quanto essa é uma área importante para o bom funcionamento do seu negócio? 

Infelizmente, ainda é comum que donos de pequenas e médias empresas não saibam bem do que trata a parte fiscal de um empreendimento, o que representa um grande problema na busca pelo sucesso.

Para ajudar você a entender a importância da gestão fiscal em negócios de pequeno e médio porte, nós escrevemos este texto. Acompanhe e veja como melhorar esse setor na sua empresa.

O que é gestão fiscal

Não importa o tamanho da sua empresa, ela precisa cumprir certas obrigações tributárias, organizar suas demonstrações e relatórios contábeis e emitir notas fiscais. E é aí que entra a gestão fiscal.

A gestão fiscal diz respeito a tudo o que envolve o controle e o acompanhamento  dos aspectos tributários de uma empresa, com o objetivo de que todos os processos aconteçam em conformidade com a lei, ao mesmo tempo em que tragam benefícios para o negócio.

Qual a importância da gestão fiscal nas PMEs

A alta carga tributária e a complexidade da legislação fiscal do país são fatores constantemente apontados como empecilhos ao desenvolvimento das empresas no Brasil. E esse cenário é mais impactante para as PMEs, que nem sempre têm o conhecimento necessário para realizar uma gestão fiscal que beneficie o negócio.

Isso acontece, em parte porque, como já dissemos, muitos donos de empresas pequenas e médias empresas não sabem que um bom controle da área fiscal do negócio ajuda a reduzir custos e garantir maior lucratividade. 

Quando se faz uma gestão fiscal eficiente para PME, por exemplo, é possível escolher o melhor regime tributário para a empresa, além de conseguir benefícios fiscais que são dados exclusivamente aos pequenos e médios empreendimentos. 

Além disso, a gestão fiscal garante que o pagamento dos impostos esteja em dia, o que evita multas e outras complicações com a Receita Federal que podem trazer prejuízos para a empresa. 

Quais os desafios da gestão fiscal em PMEs 

Veja quais são os principais desafios da gestão fiscal para pequenas e médias empresas:

Banner para baixar o manual de redução de custos.

Falta de conhecimento do dono/ gestor sobre questões tributárias e fiscais

A maioria dos empreendedores, quando decide começar um negócio, não sabe nada ou conhece muito pouco sobre questões tributárias e fiscais.  

Assim, é importante buscar informações com quem sabe do assunto, seja um contador, advogado ou mesmo órgãos públicos, como o SEBRAE, que pode ajudar muito na gestão fiscal para PMEs.

Burocracia

Abrir e manter uma empresa no Brasil, independentemente do seu porte, é um processo extremamente burocrático, que pode fazer o empreendedor perder tempo e dinheiro. Para vencer a burocracia do dia a dia, é importante conhecer toda a documentação necessária para cada processo, manter tudo organizado, para estar preparado para qualquer situação.

Altas taxas tributárias

No Brasil, temos uma das mais altas taxas tributárias do mundo e disso não tem como fugir. 

Porém, existem formas de contratação de mão de obra, por exemplo, que podem contribuir para a redução das taxas trabalhistas, e a escolha correta do regime tributário pode trazer um grande alívio nas contas.

Dicas de como fazer gestão fiscal de forma eficiente

Confira agora dicas que ajudam na gestão fiscal da sua PME:

Faça gestão das notas fiscais

A nota fiscal é um recibo de emissão obrigatória que confirma a prestação de um serviço ou o recebimento de um produto. Por isso, é essencial que as empresas tenham total controle sobre elas, o que fica bem mais simples com o uso das notas fiscais eletrônicas.

As notas eletrônicas facilitam a comunicação entre a empresa, o consumidor e o governo, além de garantir mais praticidade, economia, sustentabilidade (com redução no uso do papel) e agilidade. 

Para fazer um bom controle das notas fiscais, invista em um bom sistema de gestão, que facilite a organização dos documentos e ajude a empresa a cumprir suas obrigações fiscais.

Aproveite os benefícios fiscais

Os benefícios ou incentivos fiscais são reduções em alguns tributos dadas pelo Governo a empresas que atendem a determinados pré-requisitos. E eles existem para incentivar o crescimento e a modernização da economia, oferecendo facilidades para os empreendedores aderirem a certas práticas. 

Mas para aproveitarem esses incentivos é preciso conhecê-los, certo? Por isso é bom se informar e entender se sua empresa se encaixa no perfil das empresas beneficiadas. Fale com seu contador! 

Conheça os regimes tributários e escolha o melhor para sua empresa

Escolher o regime tributário adequado para a empresa é essencial, já que é ele que define os impostos que seu negócio terá de recolher.

É claro que toda empresa deve cumprir suas obrigações fiscais. Porém, é uma ótima ideia se livrar de gastos desnecessários escolhendo o regime tributário mais adequado e vantajoso para o seu empreendimento, que permita reduzir custos e melhorar a lucratividade. 

Use a tecnologia na gestão fiscal

Gestão fiscal é sinônimo de controle. E um controle eficiente só é possível com o uso da tecnologia. É ela que permite que você integre todos os dados e informações da sua empresa em pastas e arquivos digitais, fáceis de serem consultados e acompanhados de forma efetiva.   

Gostou do nosso conteúdo? E agora que você já sabe um pouco mais sobre gestão fiscal para PMEs, que tal conferir nossos outros artigos? Acompanhe o blog Minha Empresa N&G e fique por dentro de todos os assuntos que podem ajudar o seu negócio a crescer.

DEIXE UM COMENTÁRIO