COMO REDUZIR CUSTOS EM SUA LOJA

Reduzir custos é sempre um dos principais objetivos de um negócio. E em tempos de crise, cortar gastos passa a ser uma prioridade e também um grande desafio para os donos de lojas.

Pensando nisso, reunimos neste texto algumas dicas que ajudam a fazer a redução de custos de forma eficiente e, assim, aumentar a margem de lucro do seu comércio. Acompanhe e bons negócios.

A importância de gerenciar os custos da empresa, especialmente em tempos de crise

Fazer um bom gerenciamento de custos é fundamental para manter a saúde financeira de uma empresa em tempos de crise. Além de ser uma prática essencial para estimular o crescimento do negócio.

Quando bem realizada, a gestão de custo oferece ao dono da empresa dados que mostram para onde está sendo destinado o dinheiro do negócio. E, assim, ele ganha clareza sobre quais gastos podem ser reduzidos ou mesmo eliminados.

Em tempos em que o comércio varejista está sofrendo com as consequências da crise econômica desencadeada pela pandemia do Covid-19, as empresas que têm um bom gerenciamento de custos saem na frente e conseguem economizar recursos de forma mais eficiente.

No mais, o controle de custos permite que você precifique de forma adequada os seus produtos e assim consiga uma maior lucratividade.

Os problemas causados pelos altos gastos

O principal problema gerado pelos altos gastos e a falta de gestão de custos em um negócio é a diminuição da margem de lucro. Em muitos casos, a empresa praticamente trabalha apenas para pagar suas despesas e o ganho é mínimo.

Em tempos de crise, com redução do poder de compra dos consumidores, isso pode ter como consequência máxima a quebra da empresa, se não houver um movimento rápido de diminuição dos gastos de operação.

E se engana quem pensa que diminuir custos está relacionado a cortar grandes despesas da loja. Fazer pequenos cortes no dia a dia faz uma enorme diferença no final do mês.

5 dicas para reduzir custos no comércio

Abaixo nós listamos cinco dicas práticas que ajudam a reduzir custos aí, na sua loja:

1. Faça gestão financeira

Antes de começar a cortar e reduzir custos, é preciso que você saiba muito bem qual é o impacto de cada despesa na geração de receitas do seu negócio. Não é raro ver donos de loja aplicando estratégias de redução de custos de forma equivocada, o que acaba comprometendo toda a operação do comércio.

Por isso, antes de reduzir custos é importante ter uma visão estratégica do que e do quanto pode ser cortado e isso só é possível com uma boa gestão financeira, já que só ela é capaz de trazer uma visão realista da situação da empresa. Do contrário, você poderá comprometer o crescimento e a sobrevivência do empreendimento.

2. Automatize tarefas

Automatizar tarefas também é uma excelente escolha se o seu objetivo é reduzir custos.

Invista em um bom ERP (Enterprise Resource Planning) e passe a ter controle total de todas as operações da sua empresa, e com economia de tempo e recursos. 

Um software de gestão permite que você fique por dentro de todos os setores da sua loja, com gráficos e informações atualizadas de estoque, fluxo de caixa, número de vendas e muito mais.

3. Faça controle de estoque

Um bom controle de estoque também é fundamental quando o objetivo é reduzir custos. A gestão de estoque auxilia na eliminação de desperdícios e reduz despesas com armazenagem. Além disso, otimiza a aplicação do capital de giro.

O controle de estoque garante equilíbrio no que está sendo estocado e você só desembolsa dinheiro comprando o que realmente tem saída na sua loja. E também ajuda a evitar perdas e roubos, o que pode trazer uma maior margem de lucro para o negócio.

4. Engaje os funcionários na missão de reduzir gastos

A redução dos custos não deve ser uma preocupação exclusiva do dono. Os funcionários podem e devem contribuir no esforço de diminuir as despesas.

Na maioria das vezes, a solução para reduzir custos está muito evidente para quem trabalha na linha de frente e conhece bem as operações da empresa. Afinal, a redução também está nas atividades cotidianas, por mais que pareçam simples, como optar por digitalizar documentos ao invés de imprimi-los, evitar o uso de utensílios descartáveis e economizar energia elétrica sempre que possível.

5. Avalie os contratos com os fornecedores

Avalie todos os contratos da empresa com fornecedores: compare os preços, negocie prazos e formas de pagamento. Isso pode fazer uma enorme diferença no total dos custos da sua loja.

Inclusive, não tenha receio de procurar as instituições financeiras e renegociar as taxas de juros e tarifas. Converse com o seu gerente e veja o que pode ser feito para ajudar a reduzir as despesas do seu comércio.

Esperamos que este conteúdo tenha sido útil e ajude você a cortar gastos aí, na sua empresa. Mas se você quiser se aprofundar mais no assunto e ver outras dicas e orientações sobre como reduzir custos e melhorar a saúde financeira do seu negócio, baixe o nosso Manual de Redução de Custos. O material é grátis e tem ótimas lições para você aplicar no seu comércio.

DEIXE UM COMENTÁRIO