7 TÁTICAS PARA ADEQUAR SEU NEGÓCIO ÀS REGRAS DE DISTANCIAMENTO SOCIAL

Com a pandemia da covid-19, muitas medidas restritivas precisaram ser implementadas por empresas de todo o mundo para que suas atividades regulares pudessem ser mantidas. 

Depois de períodos de fechamento obrigatório do setor, a reabertura do comércio trouxe novos desafios — dentre os principais estão as regras de distanciamento social. Veja como adequar o seu negócio aos protocolos para manter as atividades com segurança em tempos coronavírus.

1. Oriente funcionários e clientes sobre as regras de distanciamento social

O primeiro passo para que as regras de distanciamento sejam respeitadas é a informação. Por isso, é muito importante que a partir de dados oficiais do Governo e da Organização Mundial de Saúde (OMS), você espalhe pelo espaço físico do estabelecimento e também nos canais digitais da empresa comunicados falando sobre a importância do distanciamento na contenção do vírus e sobre as normas que o seu comércio está adotando. 

Para facilitar o entendimento e motivar o engajamento dos seus funcionários e dos seus clientes, faça isso usando uma linguagem simples e clara para garantir que todos que frequentem seu comércio estejam bem informados.

2. Restrinja atendimento presencial no estabelecimento

Um dos pontos mais importantes entre as regras de distanciamento social é quanto ao atendimento presencial, que deve ser reduzido ao mínimo neste momento. Sempre que possível, opte por canais de atendimento e vendas online para evitar aglomerações e manter o estabelecimento dentro dos protocolos exigidos.

3. Não aceite a entrada de pessoas sem máscara e disponibilize álcool em gel

É fundamental zelar pela higiene e pela saúde dos seus colaboradores e clientes, por isso, exija o uso da máscara por todos que entrarem nas dependências da empresa e disponibilize álcool em gel 70% para higienização regular das mãos (que deve estar em local visível).

4. Evite o contato físico direto

Uma das mais básicas regras de distanciamento social para o combate ao coronavírus diz respeito ao contato físico direto, já que essa é a forma mais rápida e comum do vírus se espalhar. Para evitar que isso aconteça, deixe informativos e converse com a equipe de colaboradores para evitar contato físico entre as pessoas, como apertos de mãos e abraços. 

Para reduzir a necessidade de contato físico vale ainda investir em tecnologias que viabilizem o autoatendimento e dar preferência às formas de pagamento eletrônicas.  

5. Aposte nos serviços e vendas online

Ao restringir o atendimento presencial, a solução para manter as atividades é fazer a transição para o meio digital e vender pela internet. Assim, é possível reduzir o fluxo de clientes no estabelecimento e, ao mesmo tempo, criar mecanismos que viabilizem as vendas mesmo à distância. Uma boa solução nesse cenário é usar aplicativos de delivery, marketplaces e redes sociais.

6. Viabilize o home office

Se a sua empresa tem colaboradores que desenvolvem atividades que podem ser executadas remotamente, ou seja, através de plataformas online, permita que esse time trabalhe de casa para que o seu negócio consiga seguir as regras de distanciamento social. Para ajudar nessa transição já existem ferramentas que auxiliam o gerenciamento de tarefas, o trânsito de informações e a comunicação segura à distância.

7. Crie rotinas flexíveis para os colaboradores que precisam trabalhar presencialmente

Para os colaboradores que precisam exercer suas funções presencialmente na empresa, estabeleça rotinas mais flexíveis, com agendas bem delimitadas, que garantam um menor número de colaboradores no espaço físico da empresa e, assim, as regras de distanciamento social possam ser seguidas. 

Embora seja um período instável e de constante atualização, qualquer empresa, independentemente do tamanho, precisa fazer a sua parte. As regras de distanciamento social são cuidados individuais que interferem na saúde e bem-estar de todos. Lembre-se: #CuidarÉColetivo!

Para se manter atualizado sobre esse e outros temas importantes para pequenas e médias empresas, acompanhe nossos conteúdos no Facebook e no Instagram!

DEIXE UM COMENTÁRIO